domingo, 26 de Setembro de 2010

terça-feira, 13 de Outubro de 2009

Offseason e Preseason

Depois de vários meses de intervalo decidi voltar a escrever sobre a NBA. Olhar um pouco para o que se passou durante a Offseason.
Free Agents
A conjugação da crise económica, com o esperado mercado de free-agents do próximo ano (possivelmente Lebron, Wade, Bosh, Stoudemire, Boozer entre outros) e a fraca qualidade dos free-agents este ano resultou numa grandessíssima seca de um Verão. Se não vejamos. Os Heat não querem adicionar ninguém com mais de um ano de contrato, os Knicks também não, os Nets idem idem aspas aspas, os Pacers népias, os Bucks querem é mandar pessoal embora, os Warriors querem mas não sabem, os Clippers nunca sabem mas também não faz mal porque nunca querem gastar dinheiro com jogadores, ou treinadores, ou General Managers. Isto resulta no quê? Nos Pistons saírem campeões das contratações adquirindo dois dos melhores free-agents deste ano e que nem são tão bons como isso. Não estou a dizer que sejam maus jogadores, especialmente o Ben Gordon é ofensivamente muito bom, mas não são franchise players. É um bocado como ser votado o mais alto na terra dos Hobbits. É um prémio, mas ninguém vai a correr telefonar aos amigos para lhes contar isso. Gostei mais das adições menos sonantes das equipas. Por exemplo, penso que o Parker e o Moon fazem mais para equilibrar a equipa de Cleveland que o Shaq. Gostei da adição do Matt Barnes aos Orlando e do Ariza nos Rockets. Penso que os Lakers arriscaram imenso com o Artest e que ficaram a perder na sua troca com o Ariza. Os Mavericks pelos vistos estão a tentar formar o All-Star Team de 2003 na sua equipa. Vamos ver o que eles ainda têm nos tanques de reserva.
Hall of Fame
Vivian Stringer, Jerry Sloan, John Stockton, David Robinson, Michael Jordan. Provavelmente a melhor classe de sempre a ser introduzida no Hall of Fame. Fim de semana bom, palavras interessantes, tudo muito bem até a Sua Areza (His Airness....perceberam?) abrir a boca. Não estou a dizer que o discurso foi mau, não......o discurso foi é péssimo. Desatou a cascar no treinador do Liceu numa história que nem sequer aconteceu da maneira que ele conta, trouxe o colega do liceu para a cerimónia aparentemente para lhe recordar que era melhor que ele. Perdeu tempo a repreender os jornalistas, o Pat Riley, o Jeff Van Gundy, o Bryon Russell, o General Manager que construiu as equipas à volta dele, o Isiah Thomas e o George Gervin que ESTAVAM lá presentes a ouvi-lo. Agradeceu ao Pippen e o Rodman, Kukoc, Kerr (pelo menos esses) estavam lá e não tiveram direito a agradecimentos. Por razões desconhecidas referenciou os irmãos apenas para dizer que eles eram baixos e para terminar olhou para os filhos e disse-lhes que não queriam estar na pele deles!!!!!!! Mas que raio de discurso. Faz-me lembrar o dizer que algumas pessoas caladas são uma casa cheia.

quarta-feira, 17 de Junho de 2009

Merecerá já o Kobe Bryant um lugar no Panteão da NBA

Para começar, gostava de felicitar os Lakers e os seus fans pelo título conquistado. No entanto, não parece ser essa a história mais importante neste Pós-Finais. A discussão parece centrar-se no lugar que o Kobe deve ou não ocupar no panteão dos grandes jogadores da liga. Alguns pensam que ele é simplesmente um dos melhores de sempre. Outros simplesmente vêem nele um grande jogador, mas aquém das glórias de outros tempos. Eu tenho que reconhecer que me posiciono no segundo grupo. É indiscutivel que estamos perante um grande jogador e um grande anotador de pontos, mas que simplesmente não fez o suficiente por tempo suficiente para alcançar os lugares cimeiros na lista dos melhores. Primeiro de tudo vamos analisar os feitos do #24:


Kobe Bryant

4 Campeonatos
1 MVP
1 Finals MVP
3 MVP All-Star
7 All-NBA 1st Team
2 All-NBA 2nd Team
2 All-NBA 3rd Team
7 All-Defensive 1st Team
2 All-Defensive 2nd Team


Antes de mais deixem-me dizer algo sobre o currículo do rapaz. Impressionante. então porque é que não o posso posicionar lá em cima na lista dos melhores? Duas razões saltam logo à vista. Wilt Chamberlain e Michael Jordan foram atletas à parte na história da NBA. Depois temos uma segunda linha na minha opinião com Kareem Abdul-Jabbar e os seus 6 MVP's (recorde da NBA), Bill Russell e os seus 11 títulos e 5 MVP's, Magic Johnson 5 títulos e 3 MVP's, Larry Bird 3 títulos e 3 MVP's, Dr. J com 3 títulos e 4 MVP's (ABA e NBA).


Penso que até este ponto as discussões são ou deveriam ser poucas. A partir daqui aparecem uma série de nomes numa outra lista um pouco mais abaixo dos 7 acima referidos. Jogadores como George Mikan, Shaquille O'Neal, Karl Malone, Moses Malone, Hakeem Olajuwon, Jerry West, Elgin Baylor, Bob Pettit ou Tim Duncan. Penso que sim, que poderemos começar a falar no nome de Kobe Bryant nest altura. MAS será que consideraria Kobe acima destes jogadores? Da maior parte não. Se formos a ver o George Mikan ganhou 5 títulos como ponto fulcral da sua equipa e como jogador absolutamente dominante na sua época, Shaq foi primordial acima do Kobe em 3 títulos que conseguiram em conjunto, Karl Malone não tem títulos mas foi 11 All-NBA first Team e 2 vezes MVP, Moses Malone foi 3 vezes MVP's, Olajuwon conquistou 2 títulos e 1 MVP, Bot Pettit e Tim Duncan também têm dois MVP's cada. Elgin Baylor 10 vezes e Jerry West 9 vezes nomeados para a All-NBA 1st team. Estes jogadores foram bons. Muito bons e por muito tempo.


O Kobe por exemplo apenas entrou no Top 3 da lista dos MVP's 3 vezes 2002-03, 2007-08 e 2008-09. Este no top 5 mais 3 vezes 2001-02, 2003-04 e 2005-06.


Para pormos isto em comparação:


Jogador // Top 3 // Top 5

M. Jordan // 10 // 0
W. Chamberlain // 7 // 3
M. Malone // 4 // 1
K. Malone // 5 //4
S. O'Neal //5 //3
L. Bird // 8 // 1
M . Johnson //5 // 0
T. Duncan //5 //3


Poderá ainda o Kobe atingir um patamar ainda maior? Pode sim. Mas não estou pronto a entrar em futurologia. Não se sabe o dia de amanhã e não se pode extrapolar para o futuro sucessos recentes numa liga como a NBA. O Nowitski por exemplo acumulou 1138 pontos na luta do MVP há dois anos, no ano seguinte teve 5 pontos e este ano teve 3 pontos.

Em jeito de conclusão. Kobe é bom, muito bom. Mas o patamar dos GRANDES da história da NBA é difícil de atingir e assim é que tem de ser. Se no futuro podermos reanalisar a carreira de K. Bryant assim o faremos. Tanto eu como os outros fans da NBA.

terça-feira, 2 de Junho de 2009

Medições Pré-Draft (quadro completo)

Os resultados das medições do Pré-Draft foram finalmente publicadas na sua totalidade.

Resultados do Pré-Draft


Em primeiro lugar vou falar do Blake Griffin. O quase certo #1 do draft mediu uns respeitáveis 6'8.5'' descalço e uns bons 6'10'' calçado o que põe o seu tamanho como bastante bom para a posição de PF na NBA. No entanto aconteceu uma ligeira surpresa. É que os seu wingspan não é particularmente grande sendo apenas 1'5'' maior que a sua altura o que pode limitar a capacidade defensiva na NBA. A sua impulsão é boa para alguém com o seu tamanho/peso, a sua agilidade também não foi má e ele foi MUITO bom no levantamento do peso com 22 repetições (2º melhor).

Gostava de salientar ainda que só houve UMA pessoa a ultrapassar a mítica barreira dos 40'', mais ou menos 1,20m de impulsão que foi o Johny Flynn.

De realçar pela positiva:

  • Tyler Hansbrough é mais alto do que as pessoas julgavam e também mais atlético.
  • Hasheem Thabeet é comprovadamente enorme.
  • Jordan Hill e Dejuan Blair têm um muito bom standing reach.

De realçar pela negativa:

  • Os resultados de Ty Lawson.
  • O peso de Austin Daye e Eric Maynor.
  • O velocidade/agilidade e força de Earl Clark.
  • A agilidade de Jordan Hill.

Nem aqui nem ali:

  • Sam Young, Terrence Williams parecem presos entre posições.



Magic encontram Lakers na Final

ara ser sincero os Magic ganharam porque os playoffs são assim. Acima de tudo um jogo de matchups e os Cleveland simplesmente não conseguiram encaixar nos Magic. Os problemas dos matchups são para os dois lados mas enquanto Orlando conseguia explorar pelo seu lado os Cleveland não conseguiam responder no outro. Os Lakers por outro lado conseguem encaixar muito melhor nos Magic. O Ariza no Turkoglu é um upgrade defensivo porque ele é mais alto que o Delonte West um bom pedaço e o Odom é suficientemente forte para explorar o Rashard Lewis defensivamente assim como o Bynum ou o Gasol. Desta vez os matchups criam problemas para os dois lados. Assim sendo as coisas tendem a cair para os Lakers com vantagem casa, vantagem na alteração do formato para as Finals pois agora os jogos não são em 2-2-1-1-1 mas em 2-3-2 o que torna muito complicado para a equipa mais fraca de ganhar 3 jogos consecutivos em casa. Provavelmente os Magic têm de ganhar 2 jogos em LA o que não é fácil.

Penso que os Lakers ganham. E espero estar enganado pois ficava mais contente se ganhassem os Magic. Jogam em equipa e são underdogs.

sábado, 30 de Maio de 2009

Medições do Draft

Os melhores jogadores americanos juntaram-se em Chicago para as medições oficiais. Por agora já foram revelados os dados sobre as alturas com e sem sapatilhas, o peso, a distância entre as duas mãos (dedos) com os braços esticados ao nível dos ombros (wingspan) e a altura que os jogadores conseguem atingir apenas esticando-se e com os pés no chão. Clique no link abaixo para vê-las:

Medições Oficiais da NBA

Para ajudar nas contas das alturas (isto são aproximações):
5'11'' - 1,80m
6'0'' - 1,83m
6'1'' - 1,85m
6'2'' - 1,88m
6'3'' - 1,91m
6'4'' - 1,93m
6'5'' - 1,95m
6'6'' - 1,98m
6'7'' - 2,01m
6'8'' - 2,03m
6'9'' - 2,06m
6'10'' - 2,08m
6'11'' - 2,10m
7' - 2,13m
7'1'' - 2,15m
7'2'' - 2,18m
7'3'' - 2,20m

Quando saírem o resto das medições oficiais como a percentagem de gordura, repetição de levantamento de 185 Lbs e medições de agilidade e velocidade falarei um pouco mais sobre isso. Podem também ver as medições de drafts anteriores.

Lakers na Final

Os meus parabéns aos Los Angeles Lakers pela passagem à final. Esperemos agora pelo segundo finalista.